Etapas do transporte de cargas: desvende o quebra-cabeça logístico

etapas transporte cargas

Se você é um gerente de logística que precisa otimizar os prazos de entrega, um operador de transporte buscando eficiência ou um empresário determinado a manter sua frota em movimento, a compreensão das etapas do transporte de cargas é fundamental.

No mundo dinâmico em que a atividade de distribuição de mercadorias está inserida — onde produtos viajam por longas estradas —, cada processo é uma peça vital do quebra-cabeça logístico. 

Foi pensando nisso que criamos este conteúdo: para explicar todas as fases que compõem a logística do transporte de cargas.

Continue a leitura e descubra como proceder em cada uma delas para garantir que o produto chegue com segurança e no prazo certo.

Quais são as etapas do transporte?

O processo de transporte de cargas envolve as seguintes etapas:

  • Coleta e recebimento
  • Embalagem
  • Emissão de documentos
  • Carregamento
  • Rastreamento
  • Transporte
  • Redespacho
  • Descarregamento
  • Conferência e recebimento
  • Armazenamento

Etapas do transporte de cargas: entenda cada uma delas

Como você acabou de conferir, a logística de transporte de cargas vai além de apenas mover mercadorias de um ponto a outro. O que ocorre é um intrincado ballet de planejamento, coordenação e execução.

Desde a coleta e preparação das mercadorias até a entrega final, cada fase é cuidadosamente orquestrada para garantir que o produto chegue com segurança e no prazo certo.

Quer entender como funcionam as etapas do processo de transporte de cargas? Fique tranquilo que a gente te explica.

  1. Coleta e recebimento: as mercadorias são coletadas do local de origem, atentando-se para a tripla verificação (quantidade, qualidade e integridade).
  2. Embalagem: as mercadorias são cuidadosamente embaladas e protegidas contra danos durante o trajeto.
  3. Emissão de documentação: antes que a carga siga para o seu destino, deve-se emitir todos os documentos obrigatórios, como Nota Fiscal Eletrônica (NFe), Conhecimento de Transporte Eletrônico (CTe), entre outros.
  4. Carregamento: as mercadorias são carregadas no veículo de maneira organizada e segura.
  5. Rastreamento: etapa com foco em monitorar a localização e o status das mercadorias durante todo o percurso em tempo real.
  6. Transporte: as mercadorias são transportadas ao longo da rota planejada, levando em consideração fatores como distância, tempo estimado de viagem, condições climáticas e rodoviárias, entre outros.
  7. Redespacho: se necessário, pode ocorrer o redespacho (quando uma transportadora intermediária contrata outra transportadora para continuar o transporte até o destino).
  8. Descarregamento: no local de destino, as mercadorias são descarregadas do veículo de transporte, observando sua integridade.
  9. Conferência e recebimento: o destinatário realiza a conferência para garantir que a entrega esteja de acordo com o que foi solicitado e em boas condições.
  10. Armazenamento: as mercadorias podem ser armazenadas ou imediatamente entregues ao destinatário final.

Guia de Transportadoras

Como é feito o transporte de cargas no Brasil?

No Brasil, o transporte de cargas é feito pelo modal rodoviário, ferroviário, marítimo e aéreo. No entanto, a esmagadora maioria da produção brasileira (75%) é transportada pelas rodovias. 

Nesses casos, as mercadorias são coletadas nos locais de origem por transportadoras, que as empacotam de forma segura e emitem a documentação necessária.

Em rotas mais longas no território nacional ou para destinos internacionais, os modais ferroviário, marítimo e aéreo podem ser usados, garantindo a eficiência e a diversidade no transporte de cargas.

GUIA Auditoria de Frete

O que é organização logística do transporte de cargas?

A organização logística do transporte de cargas refere-se ao planejamento, à coordenação e ao controle eficiente de todas as etapas envolvidas no movimento de mercadorias. O processo inclui desde a coleta e embalagem até a entrega final.

O objetivo é otimizar recursos, minimizar custos e garantir que as mercadorias cheguem ao destino certo, no prazo esperado e em condições ideais.

A logística envolve:

  • escolher os modais adequados;
  • elaborar uma roteirização eficiente;
  • promover a gestão de entregas;
  • emitir a documentação necessária.

Tudo isso para assegurar uma operação fluida, bem-sucedida e dentro dos conformes legais.

Quais são os documentos necessários para o transporte de cargas?

Os documentos necessários para o transporte de cargas são:

  • Protocolo de Averbação de Seguro de Cargas: é o comprovante de que o seguro de cargas foi devidamente contratado para uma determinada operação.
  • Autorização para Transporte de Cargas: autoriza o transporte de cargas perigosas, sendo um documento emitido pelo órgão regulador competente.
  • CTe (Conhecimento de Transporte Eletrônico): registra o transporte de mercadorias entre remetente e destinatário.
  • CTeOS (Conhecimento de Transporte Eletrônico para Outros Serviços): usado em operações de transporte não caracterizadas como prestação de serviço de transporte.
  • CIOT (Código Identificador da Operação de Transporte): identifica a operação de transporte de cargas e rastreia o pagamento do frete.
  • NFe (Nota Fiscal Eletrônica): registra a circulação de mercadorias e comprova a venda.
  • MDFe (Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais): agrupa os documentos fiscais referentes a várias cargas em uma única operação.
  • DANFE (Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica): versão impressa da NFe que deve acompanhar a carga durante o transporte.
  • DACTE (Documento Auxiliar do Conhecimento de Transporte Eletrônico): versão impressa do CTe que deve acompanhar a carga durante o transporte.
  • CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo): atesta a regularidade do veículo para circulação.
  • RCTR-C (Responsabilidade Civil do Transportador em Viagem Rodoviária – Carga): comprova o seguro obrigatório do transportador rodoviário de cargas.

Veja também: 

Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e): como emitir?

Documentos de transporte de cargas: conte com a Emiteaí!

Então, ficou claro para você quais são as etapas do transporte de cargas?

Como você pôde conferir ao longo deste conteúdo, a emissão correta dos documentos é fundamental para o bom funcionamento da cadeia logística e para que as mercadorias sejam entregues com segurança, eficiência e sempre dentro dos parâmetros legais.

Para isso, conte com a Emiteaí para ser sua aliada. Oferecemos soluções especializadas para aprimorar as suas operações logísticas, garantindo:

  • recebimento de todos os documentos emitidos para a sua empresa;
  • emissão de documentos em uma única plataforma, independente do volume da carga;
  • segurança de todos os dados;
  • previsibilidade e organização ao fluxo de caixa;
  • acompanhamento em tempo real das entregas;
  • rapidez na liberação das entregas;
  • controle de ocorrências, como custos não planejados na operação;
  • auditoria de fretes e muito mais.

Quer conhecer mais sobre essas e outras soluções da Emiteaí? Entre em contato com a gente agora mesmo! 

SOU TRANSPORTADOR | SOU EMBARCADOR

Conheça mais sobre a Emiteaí:

https://www.pexels.com/pt-br/foto/fotografia-aerea-de-ponte-de-concreto-681347/

Compartilhe:

Leia também