O que é gestão de entrega? Dicas para otimizar as operações

o que é gestão de entrega

Saber o que é gestão de entrega e como implementá-la pode aumentar a eficiência operacional do seu negócio. 

Afinal, o objetivo das empresas de transporte rodoviário é otimizar rotas, não é? A verdade é que só é possível alcançar este resultado com um bom gerenciamento das operações. 

Então, que tal se preparar para um ano com mais organização e planejamento? A seguir, confira:

  • como fazer gestão de entregas;
  • como controlar as entregas com eficiência;
  • qual a melhor forma de escolher um sistema de gestão de entregas. 

Quer saber tudo sobre o assunto? Então, continue a leitura deste artigo. Vamos lá! 

Afinal, o que é gestão de entrega? 

A gestão de entrega na logística consiste na administração de todos os processos que envolvem uma remessa. Tal gerenciamento permite e facilita o cumprimento do prazo de cada operação, uma vez que a empresa conta com uma visão geral da entrega e consegue acompanhar o que está sendo feito. 

A coordenação de cada etapa parece simples, mas é negligenciada por muitas empresas de transporte rodoviário, que acabam perdendo contratos pelo descumprimento dos acordos realizados. 

Além disso, a falta de gerenciamento pode resultar em atrasos, problemas de comunicação com motoristas e parceiros, devoluções em excesso, entre outros problemas. 

Benefícios da gestão de entrega

Uma empresa com uma gestão de entrega eficiente consegue:

  • aumentar a produtividade da frota e reduzir custos;
  • monitorar as remessas em tempo real;
  • lidar com imprevistos e manter a segurança das cargas e dos condutores;
  • manter uma comunicação constante entre a empresa, os motoristas e os clientes finais.

Leia também: Roubo de cargas: descubra as mais visadas e minimize os riscos

Como fazer gestão de entregas? 3 passos principais

Uma boa gestão de entrega deve ser baseada em três pilares: planejamento logístico, monitoramento em tempo real de cada etapa do processo e análise de indicadores para identificar gargalos e pontos de melhoria. Dessa forma, é possível otimizar as operações, garantir a entrega no prazo e melhorar a experiência dos clientes.

Abaixo, confira mais detalhes sobre cada um desses passos. 

1- Planejamento logístico

A fase de planejamento engloba desde o controle e organização do estoque até uma roteirização eficiente. Basicamente, é a etapa que abrange todos os processos das operações comerciais. 

Se esses pontos não são bem definidos, realizar a gestão das entregas se torna impossível, pois as etapas iniciais, como o processamento dos pedidos, podem atrapalhar todo o resto caso não sejam bem organizadas. 

Uma dica para facilitar essa etapa é investir em sistemas que contribuam para a organização do estoque, a roteirização e a comunicação entre os envolvidos no transporte rodoviário. 

2- Monitoramento em tempo real

O monitoramento das entregas é importante por dois fatores: permite a rastreabilidade das cargas e, portanto, que você identifique possíveis problemas e os resolva rapidamente; e atualiza automaticamente o cliente sobre o status do pedido

Logo, os benefícios da gestão de entrega, neste ponto, valem tanto para a sua empresa, que pode acompanhar cada processo, como para o cliente, que tem uma experiência mais positiva com as atualizações regulares. 

3- Análise de indicadores

Por fim, para que a gestão de entregas aumente a eficiência operacional, é preciso fazer uma análise constante do seu desempenho, realizando as mudanças necessárias para melhorar a assertividade do processo. 

Para tanto, você deve contar tanto com a análise de cada indicador importante para as operações, quanto com o feedback dos clientes. Afinal, a experiência do consumidor pode ser a oportunidade ideal para identificar pontos de melhoria. 

É importante também tirar os “dados do papel” e trazê-los para a rotina do seu negócio, ajustando as estratégias e o planejamento logístico e aprimorando as etapas do transporte de cargas. 

Como controlar as entregas com eficiência? 

A forma mais eficaz de controlar as entregas da sua empresa é por meio de um sistema de gestão. A ferramenta permite o acompanhamento de cada etapa da operação, além de automatizar diversas tarefas, reduzindo erros manuais e retrabalhos. Dessa forma, com um gerenciamento minucioso, as chances de concluir as rotas com sucesso são maiores. 

Além de contar com um bom sistema, como saber se o controle das remessas está adequado? Conferindo os indicadores de desempenho na gestão de entregas! 

Entre os KPIs mais relevantes para se atentar, estão:

  • OTIF (On Time e In Full): On Time significa que a entrega dos produtos ocorre no prazo acordado, enquanto o In Full mede se as remessas estão em conformidade com as especificações do pedido, como a quantidade de itens. 
  • OFR (Order Fill Rate): mede a performance da empresa no processamento de pedidos, a quantidade de operações atendidas com sucesso e entregues conforme a solicitação do cliente.
  • Percentual de entregas com avarias: percentual de mercadorias que foram danificadas durante o transporte e processo de entrega. 
  • Avaliação de desempenho dos motoristas: avaliação dos condutores em diferentes áreas, como habilidade na direção, cumprimento das normas da empresa, prazos das entregas e regulamentações de trânsito, entre outros.

Leia também: Exemplo de processo logístico: as etapas e o papel da automatização

Como escolher um sistema de gestão de entregas

Agora que ficou claro o que é gestão de entregas e seus benefícios, é hora de conhecer um sistema que pode te ajudar a colocar esse processo em prática. 

Existem diversas opções de softwares que podem ser usados para um gerenciamento eficiente, por isso, é comum ter dúvidas na hora de decidir qual usar. 

Para chegar a uma conclusão, nossa dica é elencar as necessidades da sua empresa e os processos da cadeia de operações. Dessa forma, você consegue encontrar a melhor tecnologia para a gestão de entrega. 

Uma excelente alternativa é a Emiteaí, um sistema de gestão completo que conecta todo o processo logístico de um negócio. 

Em nosso sistema, você encontra diversas funcionalidades que agilizam os processos e garantem mais eficiência nas entregas, como:

  • emissão automática de documentos;
  • gerenciamento de custos adicionais; 
  • controle de fluxo de caixa;
  • geração automática de títulos;
  • roteirização de entregas;
  • monitoramento de frotas e muito mais. 

Além disso, o software da Emiteaí é 100% flexível e pode ser integrado a outros sistemas e tecnologias. 

Quer conhecer mais sobre nossa solução para transportadoras? Então, entre em contato com a gente

E para aprofundar seus conhecimentos em gestão, preparamos um guia completo com tudo o que você precisa para levar sua transportadora do zero ao sucesso

Em nosso material, você vai aprender:

  • como estruturar uma frota;
  • como planejar operações;
  • formas de manter a segurança das cargas;
  • dicas para emitir e estruturar suas documentações, entre outros temas.

Gostou? Então, baixe agora mesmo, é gratuito!

Compartilhe:

Leia também